Home / Receita Federal / como fazer declaração de imposto de renda

como fazer declaração de imposto de renda

Declaração de imposto de renda – Todos os anos as pessoas ficam apreensivas ao ter que fazer o imposto de renda 2016; por isso é necessário ter muito cuidado ao declarar o imposto de renda 2016.

Primeiros passos para declarar o imposto de renda 2016

Algumas atitudes, como ter todos os documentos coletados na época de declarar, ver o que se pode ou não, após um casamento e não se esquecer da mudança de emprego são fatores essenciais que farão você não cair na malha fina da Receita Federal.

 

A declaração do imposto de renda 2016 é obrigatória, portanto não adianta se esquivar.

Inclusive, aconselha-se fazê-la o quanto antes, sempre com muito cuidado para não correr o risco de perder o prazo, que no ano de 2016 é no dia 30 de Abril.

Nunca se esqueça do prazo ao fazer o imposto de renda 2016

Para evitar pagar qualquer tipo de multa é muito importante atentar quanto ao prazo para fazer o imposto de renda 2016, pois, quanto mais perto do prazo se chega, mais lento e sobrecarregado o sistema de Receita Federal vai ficando.

Nos últimos dias, então, é fato que terá uma grande dificuldade para conseguir entregar a declaração a tempo.

Se você faz parte do grupo que têm que entregar a declaração, comece por juntar todas as informações que você tiver, assim como todos os documentos necessários para fazer o imposto de renda 2016 a tempo.

Não deixe de pegar todos os comprovantes remetidos pelos bancos e pelas fontes pagadoras, pois é assim que você saberá quanto tinha na sua conta corrente, o quanto investiu e o quanto já pagou de imposto de renda 2016.

Consulte restituições do Imposto de renda no site abaixo:

Se tiver alguma intenção declarar pelo formulário completo, com o intuito de deduzir as suas despesas médicas, além de gastos com educação e com seus dependentes, você precisa ter todos os recibos dessas despesas.

Se optar pela declaração simplificada, você terá que fazer a substituição das deduções previstas na legislação tributária. Por isso, veja qual é a melhor opção para o seu caso.

Tire suas duvidas no site da receita federal

Na hora de fazer o imposto de renda 2016 você pode optar por declarar sem nenhuma ajuda, no site da Receita Federal mas, em muitos casos, o ideal é ter ajuda de um profissional.

Mas, acredite, mesmo tendo a ajuda de um profissional é necessário ter os documentos em mãos.

Se optar por não ter nenhum tipo de ajuda não deixe de fazer o download do programa com antecedência, se deixou passar muito tempo, certifique-se de que as suas contas estão corretas e que você está com todos os documentos necessários para preencher corretamente todos os campos.

É importante antes de entregar o imposto de renda 2016, imprima uma versão, para ter certeza de que todos os dados estão corretos.

Se optar por contratar um profissional também entregue, com antecedência, todos os documentos para o mesmo, a fim de que tenha tempo suficiente de analisar tudo atentamente e não ter nenhum problema.

Se deixar para cima da hora e você ter de lidar com algum problema, com certeza o erro não será do profissional, mas seu!

Consulte também o CPF receita federal

Faça uma checagem geral ao fazer a declaração de imposto de renda 2016

Sempre se certifique de que todas as informações estão corretas antes de entregar a sua declaração, por isso não se esqueça de rever tudo antes de fazer o imposto de renda 2016 para valer.

Então, não se esqueça de:

  • checar se todas as suas contas estão corretas;
  • se incluiu todos os seus rendimentos;
  • se apontou todo o seu patrimônio;
  • se informou as dívidas que justifiquem todas as suas aquisições de bens ou direitos de valores maiores;
  • se informou de maneira correta em sua declaração ou se já tinha pagado imposto na fonte;
  • veja se vale a pena fazer junto ou separado a declaração, para o caso de ser casado.

Não deixe de analisar qual declaração vale mais a pena para você e não se esqueça de incluir os seus rendimentos tributáveis, como os que são recebidos eventualmente.

Fazendo a declaração de imposto de renda pela primeira vez

Se você deve ter cuidado ao fazer o imposto de renda 2016, pela primeira vez então o cuidado deve ser redobrado, uma vez que não está acostumado e não tem nenhuma ideia do que fazer.

Por isso, é importante ter muita organização, ter em mãos os seus rendimentos e todas as suas fontes pagadoras ao acessar o site da Receita Federal.

Lembrar também dos seus bens e direitos, suas deduções e previdências privada, se houver.

 

Mantenha a sua documentação separada para poder comprovar todos os rendimentos do ano. Isso é essencial, já que a Receita Federal do Brasil cruza todas as informações que são fornecidas pelo contribuinte.

Se você tem diferentes fontes pagadoras, como uma mudança de emprego, não se esqueça de informar tudo.

Como também apontar todos os rendimentos fornecidos pelos bancos.

Previdência Privada e a declaração de imposto de renda

Tenha cuidado quando for declarar a previdência privada, se você tiver.

A previdência privada PGBL pode ser deduzida, mas a VGBL não pode.

Tipo de declaração de imposto de renda.

Outro fator importante para quem está fazendo imposto de renda 2016 pela primeira vez é que tipo de modelo da declaração você pode optar.

Na simplificada, se tem desconto de 20% sobre a renda tributável e na completa você coloca todos os gastos para definir a restituição.

Se você tiver alguma dúvida ao fazer o seu imposto de renda 2016 é aconselhado que procure um especialista. Pois, erros na declaração de IR podem causar uma séria dor de cabeça, podendo até pagar multa e muitos juros.

Nunca deixe para fazer a declaração de imposto de renda na última hora

Sabemos que o prazo – até dia 30 de abril – está se esgotando, então, reiteramos, não deixe nunca para a última hora.

Na hora de fazer o imposto de renda 2016, realize-o com tempo e bastante atenção, pois, se você cometer algum erro, a Receita Federal não vai deixar passar e a sua declaração vai ficar retida na ‘malha fina’.

Por isso, a melhor opção é fazer com calma e com antecedência, não deixe de tirar todas as suas dúvidas antes de enviar todas as informações necessárias para a Receita Federal do Brasil.

Caso tenha uma restituição do imposto de renda 2016, cadastre sua conta

Se você tiver alguma restituição imposto de renda 2016 para receber, não deixe de cadastrar a conta que você usa com mais frequência, e tome cuidado para não se esquecer disso e encerrá-la no decorrer do ano, pois dessa forma você corre o risco de não receber seu crédito, se tiver algum tipo de restituição imposto de renda 2016.

 

Check Also

Consulta CPF Receita Federal Brasil

CPF Receita Consulta Receita Federal CPF Consulta CPF Receita Federal

Saiba fazer a consulta CPF Receita Federal da forma mais simples possível, um dos problemas que …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe Agora!
Compartilhe Agora!